top of page
  • Foto do escritorStéphan Balay

Rastreio na Argentina

O Festival Internacional de Cinema do Vinho, MOST chega a Mendoza

17 de Março de 2021: "Vitis Prohibita" (documentário de longa-metragem. França. 2019). Director Stéphan Balay. Esta é a verdadeira história da proibição de certas castas chamadas "impuras", quando na realidade representam uma grande variedade genética. Qual foi o seu crime? Resistir às doenças, adaptar-se naturalmente às alterações climáticas e livrar-se dos pesticidas e outros produtos que têm inundado a viticultura moderna. As variedades resistentes viraram as vinhas de cabeça para baixo no século XIX e são agora vistas como uma das soluções para uma viticultura amiga do ambiente.

De 17 a 31 de Março de 2021, em três eventos semanais em La Enoteca, o Fondo Vitivinícola apresentará o ciclo MOST AL SUR, uma selecção de longas e curtas-metragens que foram exibidas no MOST International Wine Film Festival (com sede na Catalunha), e que mostram as culturas em torno do vinho que crescem em diferentes latitudes e tecem fios comuns em todo o mundo. A admissão é gratuita e solidária.



MOST (que significa "mosto" em catalão) é um dos mais prestigiados festivais de cinema de vinho da Europa e da América Latina; realiza-se na região de Penedés na Catalunha e nos últimos 10 anos tem reunido as mais notáveis produções documentais e audiovisuais ficcionais sobre culturas vitivinícolas. MOST AL SUR é o primeiro desembarque do Festival em Mendoza e "é o resultado da amizade e cooperação entre os organizadores do Festival e o Fondo Vitivinícola; juntos estamos a traçar uma rota de trabalho entre a Catalunha e Mendoza com a cultura do vinho como ponte. Esta série de filmes será uma oportunidade de ver como o vinho pode contar histórias de uma forma diferente e maravilhosa", diz Carmen Pérez, do Fondo Vitivinícola.


Xavier Fornos é o director do Vinseum, o Museu das Culturas do Vinho na Catalunha, e é também responsável pela organização deste festival internacional de cinema. Comentando a edição deste ano da MOST AL SUR, ele diz "com grande emoção esta primeira joint venture transatlântica promovida pelo Fondo Vitivinícola Mendoza". É uma honra poder trazer a nossa janela sobre o mundo do vinho para Mendoza, uma das mais singulares terras produtoras de vinho do planeta. Estamos muito felizes por contribuir para o fortalecimento de uma relação histórica que continua a unir a Argentina e a Catalunha num laço fraternal. E fazê-lo de mãos dadas com a cultura audiovisual aprofunda a missão de Vinseum, que é divulgar ao mundo a natureza holística e transversal do vinho como um fenómeno cultural e humano infinito, belo, inacessível e intoxicante. Esperando que esta seja a primeira pedra do futuro Most Festival - edição Mendoza, damos-lhe um grande abraço e convidamo-lo a olhar para o mundo do vinho através do cinema (tenha cuidado, é viciante)".


A Enoteca será o ponto de encontro para apreciar cada uma das quatro sessões durante as quais serão exibidos documentários e curtas-metragens, bem como os dois capítulos da série "Vozes do Vinho", produzida pela Fondo Vitivinícola e exibida no MOST em 2019. Em cada reunião, uma prova de vinhos fará parte da apresentação que se segue. A entrada é gratuita e será trocada em La Enoteca (Peltier 611, Ciudad) todas as segundas-feiras antes da exposição, das 9h às 17h, por uma caixa de leite (800 gr.) a ser doada a Kairós, uma associação civil que trabalha para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes. Os lugares são limitados.


[tradução automática]

Comments


Esta página foi traduzida automaticamente e pode conter erros. Obrigado pela sua compreensão.

bottom of page